Choose your language! :D

sábado, 12 de setembro de 2015

Portugal não está nada mal!

Portugal é o pais mais a oeste da europa, pertence à Península Ibérica e foi um dos maiores descobridores do mundo na época dos descobrimentos. Um país conhecido pelas paisagens, praias e gastronomia com mais de 10 milhões de habitantes.

Apesar do blog ser sobre as minhas descobertas gastronómicas, isentas de glúten, pelo mundo vou também escrever sobre o que aparece no meu país. Apesar de em Portugal não haver um conhecimento tão abrangente desta área, já começam a aparecer alguns locais preparados para nós.

Este ano abriu uma pastelaria com bolos, bolachas e pão sem glúten na capital portuguesa. Têm uma grande variedade de sabores permitindo-nos ter uma "margem de manobra" em relação à escolha. Foi a primeira vez que comi um bolo em que era necessário usar talheres porque normalmente os bolos sem glúten são bastante espessos como qualquer celíaco sabe. Esta foi mais uma das experiências que mais me marcou enquanto celíaca. Marcou de tal forma que este se tornou num dos cafés que mais frequento (porque será?). Parece que as próprias funcionárias já me conhecem. Para além dos maravilhosos lanches e pequenos almoços que lá podemos tomar, também somos alvo de uma imensa simpatia por parte de quem lá trabalha. Pessoas dedicadas e que têm o cuidado de não juntar os alimentos isentos de glúten com os normais. Uma outra característica que também me chamou à atenção foi o facto de as fatias de bolo aptas para celíacos estarem envoltas num plástico, de forma a diminuir qualquer probabilidade de contaminação cruzada. A Choco&Mousse tornou-se mais um local de confiança!



No entanto Lisboa não é a única cidade onde pude sair à rua sem problemas. Neste verão fui comer uma pizza a uma pizzaria gourmet em Albufeira-Algarve. Ao fim de dois anos a pensar em lá ir pude finalmente concretizar esta vontade. Mais uma vez a simpatia portuguesa prevaleceu tornando este jantar num momento a recordar. A sensação de comer uma pizza acabadinha de fazer, com a massa a estalar e o queijo derretido a esticar quando tiramos a primeira fatia do prato não irá ser esquecida. Tão bom! O Sr. Frog's Pateo passou a ser uma paragem obrigatória numa viagem ao sul do país.



Apesar de até agora ainda não termos tantas coisas como os nosso vizinhos europeus, começamos a ter, pouco a pouco, novas alternativas que nos permitirão sentir o mesmo que as pessoas "normais" sentem. Aos poucos e poucos vamos lá chegar!

Sem comentários:

Enviar um comentário