Choose your language! :D

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

12º Aniversário sem Glúten- Foram os 18!

  Nasci a 25 de setembro de 1997. Sei que sou celíaca desde fevereiro 2004 (tinha 6 anos). Não foi fácil para mim o facto de ser diferente dos outros, o facto de não poder comer o mesmo que os outros. Só me comecei a aceitar em 2011 quando participei no "1º Acampamento Nacional de Celíacos". Foi nesta altura que houve uma grande viragem na minha vida. Foi aqui que me comecei a transformar na pessoa que sou hoje. Fiz este ano (2015) os meus 18 anos.

  O maior problema de um aniversário (seja de quem fôr) é arranjar um local simpático, com boa comida e amigo da carteira. Como seria de esperar esta situação piora ligeiramente quando estamos a falar de um aniversário de um celíaco pois as hipóteses como pizzas, hamburgueres ou qualquer outro tipo de fast-food "gourmet" ficam logo fora do baralho por motivos óbvios. Também há a questão de, como é o nosso dia especial, não termos grande vontade de fazer um daqueles pedidos de 15 minutos só para saber quais são os ingredienntes de cada prato e se há ou não contaminação cruzada na cozinha. Parecendo que não, estes factores já excluem várias alternativas. Mas, como nada é impossível,  lá conseguímos arranjar uma solução para o almoço e para o jantar.

  O almoço foi no Chimarrão ao lado do "Pavilhão do Conhecimento" na Expo. A presença de pão ralado no arroz de pato fez com que a minha refeição se basea-se em batatas fritas, picanha e alcatra. Não porque não podia comer mais nada, mas sim porque o resto não me interessava.
 
  Para o jantar foi escolhido um japonês em telheiras que tem carnes à escolha do cliente para serem cozinhadas no momento, sushi e vários pratos típicos asiáticos podendo assim "agradar a gregos e a troianos". O meu jantar foi o famoso "arroz chau-chau" e muita carne e camarão.

  Não podia esquecer o papel fundamental que  a Choco&Mousse teve. Foi a responsável pelos bolos de aniversário e pelo pequeno almoço do dia seguinte - panquecas sem glúten!



  Este ano não celebrei apenas os meus 18 anos de idade. Marquei 12 anos a fazer uma deita sem glúten. 12 anos de aventuras, de novas experiências, de lágrimas mas principalmente de muitos sorrisos (cada vez mais!). Espero que a cada ano que passe, mais alternativas tenha e que uma vida sem glúten seja cada vez mais fácil.


1 comentário: